6 tipos de calcinha de bíquini e suas características

A escolha do biquíni ideal, que valoriza as curvas ao mesmo tempo em que proporciona conforto, é a preocupação de muitas mulheres. Cortininha? Com bojo ou sem? De amarrar ou sem alças? Qual estampa? Essas são apenas algumas das múltiplas perguntas que vêm à mente, não é? Hoje, vamos tratar exclusivamente da parte de baixo do biquíni, ou seja, a calcinha!

Existem muitos tipos de calcinhas de biquíni, e conhecer todas elas é super necessário para escolher aquele modelo que vai valorizar suas curvas sem causar desconforto, além de ter um acervo maior de ideias para montar o seu look de praia. Bora lá conhecer então?!

6 tipos de calcinha de biquíni: modelos para fazer bonito!

A história dos biquínis é extensa, as modelagens surgiram quando ainda não era tão comum usar peças tão reveladoras e foram se adaptando conforme os avanços sociais. Não apenas a parte de cima mudou, mas cada novo modelo trazia um estilo diferente de calcinhas de biquíni.

Com tanta coisa disponível para escolher, é difícil pensar em qual ter, não é? Asa dela, tanga, fio… São tantos! E não tem como escolher aquela peça top sem conhecer suas principais características! Confira as opções:

1. Tanga

A tanga é um tipo de calcinha de biquíni clássico. Ele é confortável, oferece bom ajuste na cintura e no quadril, além de ressaltar bem o bumbum. As tangas possuem laterais de largura média e cobrem mais na parte de trás. Elas, normalmente, são apenas de vestir, mas existem modelos de amarração, se você preferir uma peça que ofereça possibilidades de ajuste.

mulher usando biquini classico

Esse modelo combina com todos os biotipos e tipos de biquíni, além de oferecer inúmeras possibilidades de combinação. Por exemplo, um modelo liso fica ótimo com peças de cima mais estampadas e coloridas, ou vice-versa.

2. Asa-delta

Um sucesso na década de 80, a calcinha de biquíni asa-delta voltou com tudo! Seu nome está relacionado à sua modelagem, que lembra o planador. Ela forma um V, sendo a parte da frente mais estreita e laterais mais finas que ficam acima do ossinho do quadril, quase chegando na costela.

Elas ressaltam as curvas da cintura e quadril, deixando a silhueta mais equilibrada por criar esse “ponto” de destaque. Além disso, são muito confortáveis também!

3. Tanga lacinho

A tanga lacinho é um dos modelos preferidos das brasileiras. Ela é moderna, fica ótima com o biquíni cortininha, além de se ajustar no corpo muito bem, afinal as mulheres podem escolher se querem apertar bastante ou deixar apenas justo. Nas últimas tendências, o modelo empina-bumbum ficou super em alta. Trata-se de uma peça com a parte de trás costurada ao meio, de maneira a se ajustar melhor nas curvas.

mulher usando biquini colorido com tanga lacinho

Ela é ótima para fazer aquela marquinha de biquíni, pois é mais fina. Mas se você gosta sempre de estar bronzeada, não se esqueça dos cuidados com a pele, ok? Assim, você curte a praia sem se preocupar em ter uma insolação!

4. Hot pants

Quem gosta de uma peça mais “modesta” e que cobre melhor o quadril e a barriga pode optar pelo tipo de calcinha de biquíni hot pants. Elas são de cintura bem alta, geralmente ficam em cima do umbigo, cobrindo toda essa parte do corpo, além de serem mais largas no bumbum.

Em termos de conforto, é nota 10! Não aperta, não precisa ficar ajustando, além de não ficar “torta” quando, de repente, a mulher leva um “caldo” da onda.

5. Fio

O tipo de calcinha de biquíni fio é um dos mais ousados da moda praia! A parte traseira é bem fina para se ajustar bem à curva do bumbum, deixando-o todo à mostra. Esse modelo pode ser tanto de amarração quanto com laterais únicas. Independentemente de qual você escolha, saiba que esse modelo deixa o corpo bem feminino e em destaque.

mulher usando tanga de biquini fio

6. Cortininha

Não, não é aquela parte de cima do biquíni, mas funciona da mesma maneira! A tanga cortininha é como o modelo de lacinho, com a diferença de que ela pode ser ajustada para ser mais cavada ou mais larga tanto na parte de trás quanto na parte da frente, assim como o biquíni pode ser regulado.

Esse modelo também acaba sendo um dos favoritos para quem gosta de manter o bronzeado do verão por mais tempo! Basta só colocar o tipo como parte do seu look para piscina, por exemplo, e ajustar para ficar conforme a marquinha que você já tinha.

Afinal, como escolher o tipo de calcinha de biquíni certo?

Agora que você já conhece os tipos de calcinha de biquíni, tá na hora de algumas dicas de qual escolher, não é? Bem, a primeira e mais importante dica é escolher aquele tipo que te faz se sentir confortável e bonita. Moda praia não é apenas um conjunto de roupas para aproveitar o litoral, uma piscina ou aquelas cachoeiras incríveis, mas peças que devem te deixar cômoda e linda.

A segunda dica é optar por aquele modelo que te oferecerá segurança. Algumas praias do Brasil possuem águas calmas, mas nem todas! Às vezes, o mar está de ressaca, as ondas estão muito altas e fortes, o vento também está rápido, enfim, tudo pode influenciar no seu dia da praia, e estar usando um tipo de biquíni que esteja bem ajustado e seguro no seu corpo é essencial.

Depois, pegue aquela peça com suas cores favoritas e que melhor favorecem a sua pele. Apenas com essas 3 dicas, a escolha da calcinha do biquíni vai ser certeira! Aliás, para te ajudar, temos um post sobre biquíni para cada tipo de corpo, quem sabe o conteúdo possa ser útil para você? Confira depois!

E fique sempre ligada nas publicações do blog da Blueman, viu? Toda semana tem conteúdo novo!

Como uma das maiores marcas de moda praia do Brasil, a Blueman entrega toda sua experiência e carisma carioca em conteúdos exclusivos sobre viagens, moda praia e lifestyle!

Facebook - Instagram - Twitter

Deixe um comentário